Esclarecimento CARRIS

Enviar este conteúdo

Os seus dados:
 
Destinatário(s):
Caso pretenda, junte também uma mensagem:
01.04.2011 | Institucional

Na sequência das notícias veiculadas hoje sobre o aluguer de automóveis pelo Conselho de Administração da CARRIS, a empresa vem esclarecer o seguinte:

  • Todos os contratos em vigor resultam da renovação de contratos de aluguer de longa duração caducados em 2008 e 2009;
  • Todos os contratos cumprem o que está estipulado no regime jurídico do Gestor Público, no Contrato de Gestão celebrado entre cada um dos membros do Conselho de da Administração com o accionista Estado, assim como o que está aprovado pela Comissão de Fixação de Remunerações;
  • Mais se esclarece que, nos termos das disposições em vigor, os membros do Conselho de Administração não têm direito de preferência na aquisição das viaturas no final do contrato. Ou seja, não têm a possibilidade de compra da viatura no final;
  • No Sector Empresarial do Estado, o regime de aluguer de longa duração é a prática seguida pela generalidade das empresas, por se afigurar a mais económica;
  • A propósito das remunerações referidas nas mesmas notícias, esclarece-se, que actualmente, a remuneração mensal do Presidente ascende, em termos líquidos, a 3.704,54 euros, sem quaisquer prémios ou outros subsídios adicionais. Este valor representa menos 15% do que auferia em 2003, quando iniciou funções na empresa;
  • O Conselho de Administração da CARRIS reitera o seu compromisso com uma gestão de rigor, reflectida na evolução positiva que a empresa vem evidenciando, desde 2003, e que se consubstancia numa melhoria de 54,3 milhões de euros (euros de 2010) do EBITDA.